Prova de vida INSS: Projeto pode permitir prova de vida em correios!

Um projeto de lei em andamento na Câmara dos Deputados espera permitir que os Correios façam prova de vida ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A ideia é que essa medida ajude os aposentados que não podem percorrer longas distâncias apenas para realizar o processo.

O projeto foi aprovado recentemente pelo Senado Federal. Agora, quando for para a Câmara, precisa fazer a mesma cerimônia entre os parlamentares. Somente após obter nova aprovação, a ideia pode entrar na fase de assinatura ou veto do presidente Jair Bolsonaro.

O autor deste projeto é o senador Jorginho Mello (PL-SC). Segundo ele, a regra geral é facilitar a vida dos beneficiários do plano. Isso porque, na opinião dos parlamentares, essas pessoas não precisarão mais passar por esse deslocamento. Ele disse acreditar que essa agenda será aprovada rapidamente.

“Nossa proposta estipula que médicos e outras autoridades possam fornecer atestados de vida para promover a vida de pessoas idosas, especialmente no interior do país, e evitar que usem benefícios para encontrar deslocados dos bancos que lhes prestam serviços quase sempre com relutância “, Merlot acrescentou.

Nem todo mundo tem o direito de realizar esse processo por meio dos correios. De acordo com o projeto, a ideia é atender apenas beneficiários que moram em cidades que não oferecem comprovante de vida por qualquer motivo. Essas pessoas podem fazer isso enviando um formulário.

O Padrão

Além disso, de acordo com o texto, o documento precisa ser padronizado pelo próprio INSS. Além disso, o texto deve ser assinado por pelo menos duas testemunhas. Portanto, o objetivo da agenda é apenas ajudar aqueles que precisam desesperadamente dessa ajuda nas cidades do interior.

A Prova de vida

Vale lembrar que o INSS retomou a obrigatoriedade de realização da certificação de vida. A partir de agora, quem não concluir o processo antes do prazo, perderá novamente a receita. Isso é verdade independentemente da situação de pandemia. Porém, vale lembrar que o INSS em nenhum momento deixou de realizar esse tipo de prova de vida. Portanto, isso significa que as pessoas podem continuar o processo mesmo que não tenham obrigações nos últimos meses. Para os cidadãos que fazem o teste, não há nada com que se preocupar. Eles não precisam aceitar este teste de vida agora. Essa regra só se aplica a pessoas que não realizam esse processo desde março do ano passado.

Não precisa sair de casa

Antes mesmo de aprovar o projeto e a Câmara dos Deputados aprová-lo, o fato é que o INSS explicou que pode ser possível obter ajuda em casa durante o processo de prova de vida. Para isso, basta ligar para o Instituto Nacional de Seguro Social. E aí basta solicitar a presença de agentes do INSS para a realização da prova de vida. Qualquer pessoa que esteja impossibilitada de sair de casa por motivos de saúde pode fazer esse pedido.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *